Suspensão da caça à rola-brava: providência cautelar rejeitada

Após a determinação da proibição da caça à rola-brava em 2021, várias associações de caça apresentaram providêcia cautelar pela suspensão da Portaria n. 168-A/2021, de 02 de Agosto. A SPEA, numa posição de coerência com o que tem defendido, requereu a sua intervenção como contra-interessada, no sentido de defender a proibição à espécie no ano 2021. A providência cautelar foi rejeitada, por verificação da “inutilidade superveniente da presente lide, com a consequente extinção da presente instância”.