NOTÍCIAS

Aquí pode ver as noticias e comunicados de imprensa do projeto. Para mais informações ou para solicitar uma entrevista, contacte-nos: +351 21 322 04 30 ou spea@spea.pt

Quanto custa matar um animal? Publicámos um relatório que propõe um sistema de valorização económica de espécies de fauna protegidas, fornecendo uma série de critérios e metodologias que permitem calcular quanto valem. O relatório, elaborado no âmbito do projeto LIFE Nature Guardians, analisa o marco regulatório espanhol e europeu sobre o assunto, diferentes métodos de avaliação de danos e impactos ambientais e contém, além de uma metodologia de avaliação, uma proposta normativa para a sua aprovação, enviada à MITECO. Lançámos um novo relatório que propõe a utilização de valores fixos e homogêneos que determinam o custo de reparação dos danos causados ​​à...

Já são conhecidos os resultados do Concurso Escolar “Sou um guardião da natureza”, que decorreu a nível nacional durante o ano letivo 2020-2021, que a SPEA dinamizou no âmbito do projeto LIFE Nature Guardians. Para sensibilizar a comunidade escolar para a problemática do crime ambiental, alunos do 3.º aos 9.º anos do ensino básico de todo o país foram desafiados a criar cartazes e histórias sobre a problemática do crime ambiental. Muitos dos trabalhos realizados foram expostos nas respectivas escolas, e foi com grande satisfação que, neste ano particularmente atípico, a SPEA registou a submissão de 129 trabalhos, incluindo contos e...

A SPEA participou este ano na consulta pública de vários projetos com potenciais impactes negativos no ambiente, emitindo os seguintes pareceres: Parecer negativo: 2º Estudo de Impacte Ambiental do projeto Caminho das Ginjas – Paul da Serra Parecer negativo: Estudo de Impacte Ambiental do Circuito Hidráulico de Cabeça Gorda-Trindade e respetivo Bloco de Rega Parecer ao Circuito Hidráulico de Ligação à Albufeira do Monte da Rocha e do Bloco de Rega da Messejana Parecer Negativo: Avaliação de Impacto Ambiental da Central Fotovoltaica da Cerca (Azambuja) Parecer Negativo: Estudo de Impacte Ambiental do projeto Caminho das Ginjas – Paul da Serra ...

Após a determinação da proibição da caça à rola-brava em 2021, várias associações de caça apresentaram providêcia cautelar pela suspensão da Portaria n. 168-A/2021, de 02 de Agosto. A SPEA, numa posição de coerência com o que tem defendido, requereu a sua intervenção como contra-interessada, no sentido de defender a proibição à espécie no ano 2021. A providência cautelar foi rejeitada, por verificação da “inutilidade superveniente da presente lide, com a consequente extinção da presente instância”....

Em Castelo Branco, num processo em que a SPEA pediu constituição formal de assistente no processo e participou formalmente através de informação própria e com testemunhas no julgamento, o tribunal condenou o abate ilegal de 20 aves selvagens (uma das quais de uma espécie cinegética) no distrito, em 2019, utilizando arma de ar comprimido. À condenação por 1 crime contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas (artigos 30.o, n.o 1, 26.o, n.o 1 e 6.o, n.o 1, alíneas b) e c), todos da Lei n.o 173/99, de 21 de Setembro, em conjugação com o artigo 78.o, n.o 1 do...

No próximo dia 14 de abril, os deputados da Assembleia da República discutem a possibilidade de proibir o fabrico, posse e venda de armadilhas para aves, na sequência da petição #ArmadilhasNÃO, que lançámos em 2019 e foi assinada por mais de 4000 cidadãos. A petição apela aos deputados que tornem a lei mais eficaz para combater a captura ilegal de aves, evitar a morte de 40 a 180 mil aves por ano e proteger a saúde dos nossos campos. Petição #ArmadilhasNÃO...

Quase um ano depois de a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) ter tornado públicas as imagens chocantes de aves mortas em redes de proteção de aquaculturas, a situação mantém-se um pouco por todo o país, com episódios recentes registados na zona da ria de Aveiro pelo núcleo local da Quercus. E o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) continua a não agir. A SPEA, associação Milvoz, ANP-WWF Portugal, Sciaena, GEOTA, APECE e OMA exigem agora que os Ministérios do Ambiente e do Mar, sob cuja tutela se encontram as autoridades responsáveis pela fiscalização e...

Desafie os seus alunos do 3.º ao 9.º anos do ensino básico, a participar no concurso “Sou um Guardião da Natureza!”. Estamos à procura dos melhores cartazes e histórias, que nos ajudem a sensibilizar para a problemática do crime ambiental. Pode também juntar-se à Academia Nature Guardians, com uma atividade online dirigida especificamente à sua escola, se estiver num dos concelhos abrangidos. [caption id="attachment_1310" align="alignleft" width="300"] ©Nate (CC BY-NC 2.0)[/caption] Mais informação Educação ambiental SPEA...